quarta-feira, 23 de março de 2011

Controle das emoções com PNL

A saúde mental depende de aprendizado
 emocional. Muitos dos problemas mentais estão relacionados com a organização dos sentimentos. As emoções devem trabalhar em prol dos objetivos e não ditar as regras do jogo.
Evitar sentimentos é uma atitude mal planejada. O importante é entender, perceber e diferenciar qual é a estrutura lógica dos sentimentos para poder ter  escolha de mudar e de se libertar das emoções limitantes. Assim, podemos decidir por aquela mais desejável, refletindo sobre o que fazer a respeito, modificando, ressignificando a interpretação da situação que dispara a emoção indesejada.
De acordo com Damásio (1996), é o quadro referencial das emoções que seleciona as melhores opções, e se não houver conhecimento das emoções, não haverá a referência de que o cérebro necessita para fazer as melhores escolhas.
As emoções têm muita influência sobre a razão e só conhecendo-as se torna possível escolher, controlar, decidir e adotar uma atitude mais produtiva. Somos seres racionais e isto quer dizer que devemos usar a razão em prol também de nossas decisões emocionais. O ser humano tem toda a capacidade de pensar sobre fazer, planejar como fazer e aprender com o que fazer. Somos exatamente o fruto destas decisões e destas escolhas.
A Programação Neuro linguística  ajuda a ressignificar tais emoções e trazer  uma  nova interpretação para fatos que tanto limitam um ser humano a ter uma vida mais produtiva. 
Segundo Richard Bandler, o criador da Programação neuro linguística, construir um mundo pessoal para si mesmo que lhe oferecerá a liberdade e o poder de dirigir sua experiência emocional por caminhos que preservem seu bem estar, levando-o a ser e expressar plenamente o que realmente é, pois somente quando você se liberta dá a oportunidade de ser o que você realmente é. 

Magna de Oliveira Melo
Neuroeducadora
55-11-81175807

Treine a lateralidade direita do seu cérebro!

Treine a lateralidade direita do  seu cérebro!
Fale somente as cores. O seu cérebro vai tentar ler as palavras. Desafie-o, usando sua lateralidade direita enquanto o cérebro tenta usar o lado esquerdo. ( esta brincadeira ajuda na concentração e na memória) divirta-se!